Header Ads

Quadrilha fortemente armada ataca dois bancos e troca tiros com a PM em Missão Velha - PE

Sexta-feira, 03 Fevereiro 2017
Quadrilha fortemente armada ataca dois bancos e troca tiros com a PM em Missão Velha - PE
Bandidos fortemente armados sitiaram o município de Missão Velha na madrugada desta sexta-feira (3) e atacaram simultaneamente duas agências bancárias. O grupo explodiu os cofres do Bradesco e Banco do Brasil. As agências ficaram parcialmente destruídas.

Antes da ação, a quadrilha cercou o destacamento policial para dificultar a ação da polícia e duas pessoas que estavam próximas ao local foram feitas reféns, mas liberadas em seguida sem ferimentos. 

Na fuga, houve troca de tiros com os militares. A quadrilha bloqueou as duas entradas da cidade utilizando caminhões e conseguiu fugir por uma estrada vicinal, com destino à cidade de Jardim, também na região do Cariri cearense.
O Comando Tático Rural (Cotar) e policiais de destacamentos vizinhos foram acionados. O helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) também auxilia nas buscas pelos bandidos.

Eles abandonaram um carro com armas, munições e parte do dinheiro roubado em um matagal, próximo ao município de Jardim. Durante a troca de tiros, um dos suspeitos ficou ferido.

O restante da quadrilha continua foragido. De acordo com a polícia, o grupo, com cerca de 10 pessoas, estava encapuzado e com armas de grosso calibre, entre escopetas, pistolas e fuzis. As buscam começaram após o ataque ao banco, por volta de 2 horas.

Dez ataques em 2017

De acordo com dados do Sindicato dos Bancários do Ceará, somente este ano, dez agências bancárias foram atacadas, sendo três em fevereiro. O primeiro ataque de 2017 foi registrado em Fortaleza, no Banco do Brasil da Avenida José Bastos, em 6 de janeiro.  Quatro homens invadiram durante a madrugada a agência e levaram dinheiro do caixa eletrônico. Os criminosos utilizaram um maçarico para ter acesso ao cofre.

Três dias depois, uma ‘saidinha bancária’ foi registrada em Caucaia, ação que o Sindicato também contabiliza com “ataque a banco”. Os bandidos fugiram com R$ 75 mil. No dia 10 de janeiro, um grupo de homens fortemente armados explodiu uma agência do Banco do Brasil, durante a madrugada, em Milhã. Os criminosos sitiaram a cidade e cercaram o destacamento policial, mas não houve confronto.

Quatro dias depois, em uma ação ousada, bandidos arrombaram durante a madrugada um caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal, dentro da Secretaria de Educação, em Juazeiro do Norte. De acordo com os vigilantes, que foram amarrados, os assaltantes teriam chegado armados e encapuzados, rendendo os dois. Em seguida, eles destruíram o caixa eletrônico usando um maçarico. A ação durou poucos minutos.
No dia 20, dois homens foram presos após tentarem arrombar o caixa eletrônico de uma agência do Santander, na Rua Floriano Peixoto, em Fortaleza. Os bandidos tentavam violar o equipamento com um maçarico. Já em 24 de janeiro, um grupo armado explodiu uma agência bancária do Bradesco, durante a madrugada, em Itaiçaba. Dois dias depois, um grupo criminoso explodiu um caixa eletrônico de um posto bancário do Bradesco, durante a madrugada, em Tarrafas (458 km de Fortaleza). Entretanto, os suspeitos não conseguiram levar o dinheiro do banco.

Na última quarta, dia 1º, a agência do Banco do Brasil do município de Aiuaba foi atacada na madrugada por uma quadrilha composta por cerca de dez homens. Os criminosos usaram explosivos na ação e efetuaram vários disparos, provocando pânico entre a população. (Diário do NE)

(Da Redação - Blog do Nilson Macedo) Whatsapp (87) 9.9939-2144 – e-mail radionoticia@yahoo.com.br
Acesse mais notícias: www.blognilsonmacedo.com
Nilson Macedo. Tecnologia do Blogger.