Polícia prende seis suspeitos de assaltos a bancos e carros-fortes no Sertão de PE

Domingo, 07 maio 2017
Polícia prende seis suspeitos de assaltos a bancos e carros-fortes no Sertão de PE
Explosões a carros-fortes e bancos ocorriam em Pernambuco e na Paraíba.

Seis pessoas foram presas suspeitas de integrar uma organização criminosa, responsável por praticar assaltos a bancos e carros-fortes em cidades do Sertão de Pernambuco e no Estado da Paraíba. A “Operação Conceptus”, que resultou na prisão dos envolvidos, foi deflagrada nessa sexta-feira (05), pela Polícia Civil com apoio da Polícia Militar de Pernambuco.

Durante a operação foram cumpridos seis mandados de prisão preventiva e 15 de busca e apreensão domiciliar nas cidades de Salgueiro, Cabrobó e Santa Maria da Boa Vista, todas no Sertão de Pernambuco. Três homens, considerados os líderes das associações criminosas, estão entre os presos. Quatro pessoas continuam foragidas.

“Era uma organização com atuação interestadual. Nós descobrimos a participação deles em vários crimes no Sertão de Pernambuco, com explosão de carros-fortes, caixas eletrônicos e agências bancárias e também descobrimos na Paraíba. Ainda é cedo para afirmar, mas já temos a confirmação da participação deles em quatro assaltos em Pernambuco e três na Paraíba”, disse o chefe de polícia Joselito Kehrle.

De acordo com o delegado Lamartine Fontes, as investigações começaram após um assalto a uma agência do Banco do Brasil em Conceição, PB, em agosto de 2016. “Um dos envolvidos no assalto foi filmado durante a ação e através dele foi possível chegar ao restante do grupo.

Quando o delegado Glauber Lacerda, da Paraíba, identificou que a quadrilha poderia está aqui em Pernambuco, pediu apoio ao serviço de inteligência da Polícia Civil e Militar para localizar os suspeitos. Em seguida foi solicitado ao poder judiciário da Paraíba os mandados de prisão e busca e apreensão que cumprimos nesta sexta-feira (05)”, afirmou Lamartine.

Na casa de um dos suspeitos a polícia encontrou um maçarico, uma lixadeira industrial e uma furadeira com eletroímã, material utilizado para furar cofres. Com os depoimentos dos líderes que foram presos, a polícia espera chegar aos demais suspeitos. “O que a gente pretende com a prisão deles é que eles colaborem com a participação na delação premiada e possam auxiliar a polícia para chegar nos outros integrantes.

Caso contrário, responderam por associação criminosa, por cada crime que cometeram nos estado de Pernambuco e Paraíba”, destacou Kehrle. Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil de Salgueiro. Participaram da ação 120 policiais, entre civis e militares. (G1 Petrolina)

(Da Redação - Blog do Nilson Macedo) Whatsapp (87) 9.9939-2144 – e-mail radionoticia@yahoo.com.br
Acesse mais notícias: www.blognilsonmacedo.com

Postagens Relacionadas
‹‹ Postagem mais recente Postagem mais antiga ››

Parceiros

Parceiros