Header Ads

Mulher é acorrentada, estuprada e morta por criminoso que ela alfabetizava

Sexta-feira, 01 Setembro 2017
Mulher é acorrentada, estuprada e morta por criminoso que ela alfabetizava
A Polícia de São José do Rio Preto - SP continua no encalço do indivíduo acusado de estuprar e matar Simone de Moura Lopes, 31 anos. Ela foi encontrada seminua e acorrentada a uma cama na chácara que frequentava a quatro meses, alfabetizando o suspeito de tê-la assassinado.

De acordo com a polícia, Simone foi acorrentada, estuprada e morta com um golpe de marreta pelo homem que ela estava auxiliando com um trabalho social. A morte cruel da mulher revoltou a população e seus parentes.

O acusado está foragido, mas a polícia não divulgou o seu nome. O indivíduo já tinha passagem pela polícia por abuso sexual e estava sendo assistido por Simone. Ela era religiosa e fazia um trabalho social, ajudando a alfabetizar o criminoso. 
Naquele dia ela saiu de casa às 11h para ministrar ensino religioso ao indivíduo e nunca mais retornou. O delegado Fernando Tedde, que está presidindo as investigações, não descarta a participação de outro homem no assassinato e deixa claro que o idoso, assim que for capturado, vai responder por estupro e por homicídio com requinte de crueldade.

O crime foi comunicado à polícia pelo dono da chácara, que já cumpriu pena por abuso sexual. Ele disse ao delegado que não estava em casa no momento do crime, garantindo que tinha passado o dia em outra cidade, ajudando um amigo em uma mudança.

O local foi periciado e materiais coletados que podem ajudar a encontrar o autor do crime. Foi confirmado que Simone morreu com um golpe de marreta na cabeça, e que estava seminua e presa pelas mãos e pés por correntes e cadeados. O dono da chácara também será investigado por seu histórico. (Jornal Capixaba)

(Da Redação - Blog do Nilson Macedo) Whatsapp (87) 9.9939-2144 – e-mail radionoticia@yahoo.com.br
Acesse mais notícias: www.blognilsonmacedo.com
Nilson Macedo. Tecnologia do Blogger.