Nilson Macedo. Tecnologia do Blogger.

Vereador é preso por fraudes e desvio de dinheiro público, no Sertão de PE

Quarta-feira, 14 Agosto 2019
Vereador é preso por fraudes e desvio de dinheiro público, no Sertão de PE
Essa ação é um desmembramento da Operação Chofer, realizada em maio deste ano, na Prefeitura de Cedro e na residência do prefeito.

O vereador do município de Cedro, Miguel Inocêncio Leite (PTB) foi preso temporariamente na quinta-feira (08), durante a operação “Octopus”, da Polícia Federal em Pernambuco.

Essa ação é um desmembramento da Operação Chofer, realizada em maio deste ano, na Prefeitura de Cedro e na residência do prefeito, para apuração de desvio de recursos públicos na cidade.

A operação “Octopus” visa apurar a prática dos crimes de frustração, fraudes em licitações, peculato e lavagem de dinheiro. "A Prefeitura de Cedro recebia recursos do Governo Federal para pode investir na manutenção das viaturas e também na questão da reforma de prédios da prefeitura”.

Esses recursos eram feitas as licitações em empresas fantasmas com pessoas que tinham se quer condições financeiras e nem também tinha uma empresa fixa que desenvolvia essas atividades.

E essas atividades eram devolvidas via de regra as terras do prefeito, onde essas viaturas eram feitas. “Então tudo era feito de uma forma a tentar que esses recursos fossem desviados". explicou o assessor da Polícia Federal, Giovani Santoro.

Ao todo, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo um deles na Câmara Municipal de Cedro, e outros dois nas residências do vereador Miguel Inocêncio Leite, de 56 anos e de Cícero Manoel de Figueiredo, que estaria sendo utilizado como laranja e que não tinha vínculos com a prefeitura.

As duas prisões foram temporárias e após o interrogatório e o cumprimento das diligências, ambos foram liberados. O vereador está afastado do exercício do cargo por 30 dias, conforme determinação do Juiz Estadual da Comarca de Serrita - PE.

A Polícia Federal apreendeu, durante a operação, um veículo, celulares, mídias e documentos que vão passar por perícia técnica que subsidiará as investigações que estão em andamento. Segundo o assessor da PF, Giovani Santoro, não se descarta nova fase da operação para cumprir novas medidas judicial.

A Operação Chofer foi realizada no dia 15 de maio pela Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro - PE, no Sertão de Pernambuco. Segundo a polícia, o prefeito Antônio Inocêncio Leite, utilizava de “laranjas” para vencer procedimentos licitatórios e/ou dispensá-los indevidamente.

Desta forma, ele fazia apropriação de recursos públicos sem a prestação dos serviços e/ou fornecimento dos produtos. G1 Petrolina (Blog do Nilson Macedo)

(Da Redação - Blog do Nilson Macedo) Whatsapp (87) 9.9939-2144 – e-mail radionoticia@yahoo.com.br
Acesse mais notícias: www.blognilsonmacedo.com

Share on Google Plus

Sobre radionoticia@yahoo.com.br

Blogueiro e Radialista

0 comentários:

Postar um comentário