Nilson Macedo. Tecnologia do Blogger.

Estado de Pernambuco comprou R$ 100 mil de cloroquina

Terça-feira, 19 Maio 2020
Estado de Pernambuco comprou R$ 100 mil de cloroquina
Dos R$ 150,2 milhões liberados até maio no combate ao coronavírus para a área de saúde, R$ 100 mil foram gastos na compra do remédio em abril.

Por: Nilson Macedo

Dentre os gastos milionários que o governo do Estado realizou até agora em ações de enfrentamento à covid-19, há uma parcela pequena, porém significativa, que foi reservada para compra de cloroquina, o polêmico medicamento que vem sendo desaconselhado por estudos científicos.

Dos R$ 150,2 milhões liberados até maio no combate ao coronavírus para a área de saúde, R$ 100 mil foram gastos na compra do remédio em abril. Segundo dados da Secretaria da Fazenda sobre os desembolsos do Fundo Estadual de Saúde (FES), não há novas previsões de compra da cloroquina até o final do ano.

Em entrevista à Rádio Jornal na segunda-feira (18),  o secretário da Saúde de Pernambuco, André Longo, criticou as “fake news” em torno do medicamento e disse  Pernambuco recebeu 180 mil comprimidos da substância, e mais de 140 mil foram distribuídos em 63 unidades de saúde. “O Ministério da Saúde que não entregou medicação suficiente para fazer em casos leves”, disse.

Ele criticou a postura do governo federal que quer mudar os procedimentos do uso da droga nos hospitais ligados ao Sistema Único de Saúde (SUS). “Daqui a pouco vai ter uma medida estabelecendo cloroquina pra todo mundo. Não se faz prescrição médica por decreto, nem por medida provisória. A prescrição é uma prerrogativa do médico”.

No total, o governo do Estado já gastou R$ 167,6 milhões no combate à covid-19 no Estado. A principal despesa, R$ 87,8 milhões, foi empenhada na compra de respiradores e outros equipamentos de UTI. Em seguida, vem gasto de R$ 34,9 milhões para compra de leitos e equipamentos para os hospitais Alpha, Brittes, Nossa Senhora das Graças e outros.

Máscaras, luvas, aventais, toucas, sapatilhas e outros equipamentos para os profissionais de saúde já consumiram, até maio, R$ 27,4 milhões, segundo os dados divulgados pela Secretaria da Fazenda. Do JC online (Blog do Nilson Macedo)

(Da Redação - Blog do Nilson Macedo) Whatsapp (87) 9.9939-2144 – e-mail radionoticia@yahoo.com.br
Acesse mais notícias: www.blognilsonmacedo.com
Share on Google Plus

Sobre radionoticia@yahoo.com.br

Blogueiro e Radialista

0 comentários:

Postar um comentário